Débora Camilo é vereadora do PSOL em Santos

É a primeira vereadora do PSOL em Santos/SP. Na luta por uma Santos solidária, popular e feminista! Venha fazer parte do nosso mandato coletivo. Seguimos firmes por justiça social!

Participe do nosso mandato!
Participe do nosso mandato

Te cadastra para fazer parte do nosso mandato coletivo!

Destaques

Débora Camilo e Érika Rilton cobram investigação contra SP sobre a despoluição do rio Tietê

Débora Camilo e Érika Rilton cobram investigação contra SP sobre a despoluição do rio Tietê

Saiu na mídia!

Débora Camilo e Érika Rilton cobram investigação contra SP sobre a despoluição do rio Tietê

A Coluna de Lauro Jardim, do @JornalOGlobo, noticiou o pedido de investigação solicitado por Erika Hilton e Débora Camilo, vereadoras de São Paulo e Santos, sobre o andamento do longo e falho processo de despoluição do Rio Tietê:

"Chegou ao Tribunal de Contas de São Paulo na quarta-feira uma representação contra o governo paulista ante as falhas na despoluição do Rio Tietê, que corta praticamente todo o estado.

O documento foi elaborado pelas vereadoras Erika Hilton, do PSOL paulistano, e Debora Camilo, do litoral. Elas pedem que a Corte recomende ações em 11 municípios do interior, como Salto, Itu e Piracicaba.

Como pano de fundo da ação, as parlamentares mencionam um episódio registrado no último domingo, quando o trecho do rio que corta Salto amanheceu tomado por espuma tóxica. A substância resulta do acúmulo de poluentes e já havia aparecido na região em maio. Colaboram para o fenômeno os períodos de estiagem, que concentram os resíduos químicos, e a movimentação da água graças às cachoeiras.

Desde 2010, dizem ao TCE, o Executivo estadual celebrou 49 contratos para a despoluição do Tietê. Eles somam R$ 3,74 bilhões, mas estariam centrados apenas na Região Metropolitana."

É nosso dever acompanhar o bom uso do dinheiro público nessas ações, que devem ser mais enérgicas e efetivas, com rigoroso controle e monitoramento das águas e inibição do despejo de poluentes do Rio, bem como a expansão e descentralização do tratamento de esgoto das nossas cidades.

#ErikaHilton #DeboraCamilo #RioTeite #Itu #Salto #Tiete #Piracicaba #BarraBonita #MogiDasCruzes #Anhembi #Osasco #Barueri #Salesopolis #MeioAmbiente #Rios #Despoluicao #Poluicao #SP #SaoPaulo #Santos #PSOL

Veja quais vereadores não assinaram para revogação do título de "Cidadão Santista" do Milton Ribeiro

Veja quais vereadores não assinaram para revogação do título de "Cidadão Santista" do Milton Ribeiro

Lutas

Veja quais vereadores não assinaram para revogação do título de "Cidadão Santista" do Milton Ribeiro

Em 2020, foi concedido título de “Cidadão Santista” ao ex-ministro da Educação de Bolsonaro, Milton Ribeiro, pelos serviços prestados à sociedade santista.


No entanto, desde que assumiu o cargo só demonstrou seu desrespeito a população, a democracia, aos direitos humanos e a legalidade.

Em março desse ano, Milton Ribeiro deixou o cargo após escândalos de corrupção que envolveram seu nome, em uma investigação sobre favorecimento de prefeituras ligadas aos pastores evangélicos Gilmar Santos e Arilton Moura, a pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Não tardou para que as investigações se tornassem um processo judicial que culminou na prisão do ex-ministro em uma operação da Polícia Federal.

Não é a primeira vez que o ex-ministro mancha a homenagem que foi dada a ele pela Câmara de Santos. No tempo em que atuou como ministro ele foi condenado por agredir a população LGBTQIA+, o mesmo atacou as universidades públicas, fez declarações capacitistas, criticou o ENEM e defendeu remédios ineficazes contra COVID-19.

Assim, o ex-ministro envergonha esta a “Casa do Povo” por ter conferido o título de “Cidadão Santista” a alguém envolvido em escândalos de propina e corrupção, por desrespeitar o povo e as instituições democráticas, em nítida afronta aos princípios defendidos pela Câmara Municipal de Santos, pelo Estado Brasileiro e por Tratados Internacionais estabelecidos.

MILTONRIBEIRO NÃO REPRESENTA A POPULAÇÃO SANTISTA!

Vereadores que assinaram para que o pedido de revogação do título continue a tramitar na Câmara:

Debora Camilo (autora do projeto), Audey Kleys, Augusto Duarte, Benedito Furtado, Chico Nogueira, Chita, Rui de Rosis, Telma de Souza e Zequinha Teixeira

Vereadores que ainda NÃO assinaram para que o pedido de revogação do título continue a tramitar na Câmara:

Ademir Pestana, Adilson Júnior, Bruno Orlandi, Cacá Teixeira, Fábio Duarte, Fabrício Cardoso, João Neri, Lincoln Reis, Paulo Miyasiro, Pr. Roberto e Sergio Santana

Nota sobre a repercussão dos Projetos que reconhecem o valor cultural do Funk em Santos

Nota sobre a repercussão dos Projetos que reconhecem o valor cultural do Funk em Santos

Lutas

Nota sobre a repercussão dos Projetos que reconhecem o valor cultural do Funk em Santos

Apresentei nessa semana dois Projetos de Lei que reconhecem o valor cultural e social do funk.

Declarando o Funk como Patrimônio Imaterial de Santos e incluindo o Dia do Funk no calendário municipal.

Depois disso recebi apoio, mas também muitas ofensas e xingamentos. Disseram que eu precisava conhecer melhor os problemas da cidade.

Eu conheço os problemas da cidade de perto. Ando de ônibus, sou moradora da ZN e já peguei muita fila em hospital.

Estive em todos os atos em defesa dos serviços públicos, destinei emendas para os aparelhos de saúde das áreas periféricas, fiscalizo as escolas e equipamentos do município. Nunca votei contra os servidores.

Apresentei o projeto da renda básica para famílias em situação de vulnerabilidade, os pontos de apoio para trabalhadores e trabalhadoras de aplicativo, a distribuição de absorvente para combater a pobreza menstrual, o dossiê de combate à violência contra as mulheres entre muitos outros!

Estive nos atos e lutas populares antes e depois de eleita. Lutei contra os despejos no Jardim São Manoel, no Anchieta, na Bela Vista e estarei sempre ao lado daqueles que lutam por moradia digna!

Me parece que no fundo nada disso importa para quem está xingando e ofendendo.

Os xingamentos têm a ver com o preconceito em relação ao funk e a cultura.

Quero deixar algumas coisas bem explicadas aqui…

EU SOU CRIA DA FAVELA! Nascida, criada e moradora da periferia santista.

Eu cresci consumindo a cultura que as favelas e periferias dessa cidade acessa e produz.

Meu orgulho negro vem com Racionais Mc’s, meu orgulho de ser santista vem com Duda do Marapé, Felipe Boladão e todo o funk caiçara.

Sou cria da favela, advogada e uma vereadora eleita com a proposta de tornar a periferia o centro do debate político e construir uma Santos solidária, popular e feminista.

Alguns se incomodam de ver uma mulher preta, periférica, ser eleita com uma das maiores votações da cidade valorizando o funk.

Aos conservadores que estão tentando me ofender: suas ofensas e xingamentos não vão me intimidar!

Luta que segue!
Um salve pra massa funkeira!

Emendas

Saúde R$ 499.500,00
50%
Cultura R$ 140.000,00
14%
Economia Solidária R$ 140.000,00
14%
Educação R$ 129.500,00
13%
Combate às Opressões R$ 90.000,00
9%

Filie-se!

Se liga no que tá rolando!

Servidores de São Vicente em luta!

Em São Vicente as servidoras e servidores estão tendo que coletar alimentos entre si porque o Prefeito teve o descaramento de descontar o salário dos servidores que aderiram à greve, que foi legal. São 17 dias descontados por lutar pelos seus direitos! 1,8% de aumento é DESUMANO!

08/04/2022 15h58

Vereadores derrubam o Passaporte da Vacina

Meu projeto de passaporte sanitário foi derrubado hoje pelos vereadores. Pessoas que optaram por não vacinar-se seguirão em grandes eventos arriscando a vida da maioria vacinada. Os direitos coletivos devem ser respeitados! Isso acontece em pleno dia Mundial da Saúde. Vergonha!

07/04/2022 15h53

MILITÂNCIA DO PSOL VOTA PELA PRÉ-CANDIDATURA DE DÉBORA CAMILO E GUILHERME PRADO A DEPUTADOS ESTADUAL E FEDERAL

Na plenária de do dia 26 com toda a militância do Fortalecer o PSOL na Baixada Santista, Débora Camilo foi indicada a cumprir a tarefa de pré-candidata a Deputada Estadual e o Guilerme Prado a Deputado Federal.

26/03/2022 17h24

Débora propõe política avançada que torna a NATUREZA COMO UM SUJEITO DE DIREITOS

A medida foi elaborada em parceiria com Guilherme Prado (Coordenador da Livres Coop e dirigente do PSOL) caso seja aprovada, o Município reconheceria que a Terra é um organismo vivo e com metabolismo próprio, que a Natureza possui direitos plenos, intrínsecos e perpétuos, inerentes à sua existência no planeta. Diferentemente da ideia atual de que a o ser humano tem direitos sobre a natureza.

24/03/2022 16h52

Audiência Pública Sobre a criação do COMLGBT (Conselho Municipal dos Direitos)

A formação desse conselho será, com certeza, um instrumento para a construção dessa nova sociedade, em defesa da nossa gente, da nossa existência, da nossa forma de ser e amar.

23/03/2022 16h42

Audiência Pública sobre o Transporte da Área Continental da Cidade

A situação é grave, os moradores demoram cerca de 4 horas no ponto para esperar um ônibus. Não vemos nenhuma ação efetiva da Prefeitura, da BR Mobilidade e da EMTU. Estamos acompanhando o caso e já estudamos medidas a serem tomadas para um acesso digno à cidade.

21/03/2022 16h26

Débora Camilo participa de entrega do Troféu Dandara dos Palmares Guerreira

A vereadora Débora Camilo (PSOL) participou da entrega do Troféu Dandara dos Palmares guerreira, homenagem feita à mulheres que lutam cotidianamente contra o racismo e pela vida da população negra e periférica da cidade.

21/03/2022 16h20

Débora Camilo (PSOL) visita o colégio Marista Escola Social Lar Feliz

Visita ao Marista Escola Social Lar Feliz para conversar com a escola sobre os recursos destinados através de emendas. Educação sempre será nossa prioridade!

18/03/2022 18h04

Dória libera o não uso de máscaras em lugares fechados

A Pandemia ainda não acabou, mas parece que o Dória não sabe disso... O uso de máscaras não será mais necessário em lugares fechados. Não podemos abrir espaço para o negacionismo da ciência, esta medida é precipitada, irresponsável e coloca vidas em risco!

17/03/2022 18h02

Débora Camilo (PSOL) esteve no Ato contra despejos em Santos

Ato contra os despejos na cidade. Não vamos descansar, moradia não deve ser um privilégio. Há muita casa sem gente e muita gente sem casa!

Moradia pela vida!

17/03/2022 18h00

Contato

Entre em contato conosco!

Loading ...